Mapa do Site
 Acessibilidade

A CelgPAR, empresa pela qual o governo de Goiás controla a elétrica Celg Transmissão (Celg T), publicou nesta sexta-feira (30) o edital do leilão de privatização da companhia, indicando que o certame ocorrerá em 14 de outubro, às 14h, na sede da B3, em São Paulo.

A empresa reiterou que o valor mínimo para arrematação da Celg T será de 1,097 bilhão de reais. A entrega dos documentos pelos participantes, por sua vez, está agendada para o dia 7 de outubro deste ano. O edital está disponível em:  http://celgpar.celggt.com/Infraestrutura.aspx?10.

A Celg T é resultado da cisão de ativos da Celg Geração e Transmissão (Celg GT), anunciada pelo Estado de Goiás no início deste mês. Antes da cisão, havia expectativa de que a Celg GT fosse privatizada no último mês de maio, mas o certame acabou adiado para o segundo semestre.

A Celg GT terminou o ano de 2020 com lucro líquido de R$ 165,6 milhões, parte por efeito contábil não recorrente, porém 133% acima do registrado em 2020. O Ebitda ficou em R$ 244,7 milhões e a Receita Operacional Líquida em R$ 278,4 milhões. Mesmo diante da pandemia de coronavírus, onde as necessidades de trabalho foram modificadas, a companhia conseguiu manter a disponibilidade de seus ativos de transmissão acima da média nacional, alcançando o patamar de 99,98%.

Avenida C, Quadra A-36, Lote 1, nº 60, Jardim Goiás, CEP 74805-070 – Goiânia - Goiás

© 2017 CELG GT - Todos os direitos reservados