O governo de Goiás, por intermédio da CELG Geração e Transmissão (CELG GT), entrega, nesta quarta-feira, 28 de março, às 10 horas, um novo módulo da Subestação Luziânia, no Entorno de Brasília. Trata-se do Compensador Estático de Tensão Reativa (SVC, por sua sigla em inglês), obra construída pela estatal goiana a partir de projeto de instalação concebido pela Empresa de Pesquisa Energética do Ministério das Minas e Energia e que custou R$ 96.414.502,07.

Esse equipamento visa suprir, em termos de compensação reativa e controle de tensão, parte da malha de transmissão do Sistema Interligado Nacional (SIN), em especial a região do Entorno de Brasília. Uma das propriedades mais importantes de um SVC é a sua habilidade de manter constante a tensão em seus terminais pelo ajuste contínuo da potência reativa que ele troca com o sistema, mantendo a sua estabilidade.

Nesse sentido, quando em operação, o SVC possibilitará praticar exportações elevadas de energia elétrica da Região Norte do País para o Sudeste e Centro-Oeste. É importante destacar que a localização estratégica de Goiás beneficia a integração energética com outras regiões do Brasil. Nesse sentido, a CELG GT vem atuando fortemente no planejamento energético nacional, visando o atendimento das demandas, tanto do Estado quanto do Sistema Interligado Nacional.

Avenida C, Quadra A-36, Lote 1, nº 60, Jardim Goiás, CEP 74805-070 – Goiânia - Goiás

© 2017 CELG GT - Todos os direitos reservados