A Celg Geração e Transmissão está ampliando a capacidade da Subestação Anhanguera, localizada em Aparecida de Goiânia. Nesse sentido, a empresa está promovendo a ampliação e reforço da SE, com a substituição de sete transformadores de 230/138 kV (kilovolts) cada um com capacidade de 33 MVA (megavolt ampere) por outros sete com capacidade de 75 MVA. Além deles, estão sendo instalados outros três transformadores de 230/69 kV de 16,6 MVA.

Com isso, a capacidade total da Subestação Anhanguera vai saltar de 350 MVA para 650 MVA, o que vai reduzir um eventual risco de apagão na Grande Goiânia, já que, atualmente, se um dos transformadores vier a sofrer pane, é alta a probabilidade desse problema ocorrer, trazendo transtorno para os consumidores de energia elétrica. Para realizar essa obra de ampliação e reforço, a Celg GT está investindo aproximadamente R$ 35 milhões. A previsão do início da operação dos novos equipamentos é 15 de maio.

Vale ressaltar que a empresa goiana está somente aguardando decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para adquirir e instalar outros três transformadores com capacidade de 75 MVA na Subestação Anhanguera. Além disso, a Celg GT está com plano de melhoria nas demais SEs, cujas obras de ampliação e reforço serão desenvolvidas até o final de 2018, totalizando investimentos de R$ 223 milhões. Vão receber obras de ampliação, reforço e melhoria em 15 subestações do Sistema Interligado Nacional (SIN), pertencentes à Celg GT que beneficiarão praticamente todos os municípios de Goiás.

Avenida C, Quadra A-36, Lote 1, nº 60, Jardim Goiás, CEP 74805-070 – Goiânia - Goiás

© 2017 CELG GT - Todos os direitos reservados